sexta-feira

Voo de Peneireiro


José Miguel sentou-se na esplanada do café e perdeu os olhos, por entre as copas das árvores, num ponto fixo no horizonte. Um ponto que era apenas um nome: Luísa.
Esse nome martelava-lhe no pensamento com insistência e corroía-o em ânsias obsessivas. Tentara libertar-se, mas era como se estivesse numa praia depois de ser vomitado pelo mar e, ao mesmo tempo, desejando esse sal que o cuspira.
Como é que se deixara naufragar naquelas águas? A tempestade, que até parecera que amainara, afinal, tinha regredido e virara-lhe o barco antes que ele tivesse tempo de chegar a um qualquer porto.
Respirava. Pelo menos respirava depois de dar à costa. Estava vivo. Tomar consciência disso era um alívio, mas também sofrimento. Quando é que voltaria a respirar sem aquela dor no peito? Se calhar estava na hora de tirar férias, de sair de Coimbra por uns tempos. Talvez fazer uma viagem, conhecer outros lugares, outras pessoas. Tirar a vista desse ponto do horizonte, tão perto e, ao mesmo tempo, tão longe.
Mas ali se mantinha a pairar, tentando equilibrar-se, de olhos fitos no sustento da sua felicidade, qual voo de peneireiro, que se sustém parado no ar com um bater agitado de asas, na mira do seu alimento. Contudo, nem se decidia a descer à terra, no voo picado necessário à sua sobrevivência, nem a voar para longe.

22 comentários:

AC disse...

O peneireiro só desce à terra na hora certa, mas possivelmente não lhe dói o peito até chegar o momento...
Um belo texto, Fa!

Beijo :)

Olinda Melo disse...

Olá, Fa

Este seu texto é muito belo, duma pureza que ronda a própria poesia.Tempestade da alma, ânsias do coração, um amor sofrido, talvez, saudade de alguém inacessível...Uma história de amor que, pelo menos, uma vez na vida nos deveria bater à porta...

Beijos

Olinda

Carla Fernanda disse...

Somos movidos por nossos maiores interesses na vida e vamos nos guiando por eles.
Bonito!
Boa noite!
Carla

Baila sem peso disse...

Um voo a pairar no ar
com uma decisão a tomar...
será que fica como espectador
ou desce e torna-se actor!?
A vida a rondar
as várias formas de estar...

um bom fim de semana
beijinho menina musical

Ailime disse...

Amiga Fá,

Uma bela prosa em voo poético que muito apreciei.

Os meus parabéns.
Desejo-lhe um domingo feliz.
Beijinhos,
Ailime

antonio ganhão disse...

Os pontos presos no infinito deviam de ser como as estrelas, inspiradores mas sem nome.

sonho disse...

Voamos com os nossos pensamentos incontroláveis...
Beijo d'anjo

O Árabe disse...

Muitas vezes, assim acontece: um nome encerra todo o mundo, e detém o nosso vôo. :) Boa semana, amiga!

Smareis disse...

Que bom poder voar sempre com nossos pensamentos.Parabéns por essa prosa poética linda. Um beijo e ótimo começo de semana.

N. Barcelli disse...

Voo indeciso não é voo...
Belo texto, gostei.
Beijo, querida amiga Fa.

ONG ALERTA disse...

Tudo tem seu tempo...
Beijo Lisette.

Carla Fernanda disse...

Visitinha.
Boa noite!
Carla

helia disse...

Mais um lindíssimo e enternecedor texto cheio de Poesia e de Amor!

Luís Coelho disse...

Um texto muito bonito
O paralelo com o peneireiro apenas diz respeito ao olhar atento para lá dos pontos comuns.
Sempre que o peneireiro avista a presa e a pode filar, pica sobre ela e não lhe dá hipótese de fugir.
O personagem no texto andava apenas nos sonhos e lembranças de tempestade
Parece que não se arriscou a nada.

AFRICA EM POESIA disse...


Belo texto
Um beijo amiga

Álvaro Lins disse...

Gostei desta tua poesia em prosa!
Bjo

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa disse...

O pior é não conseguirmos viajar para fora de nós mesmos.
Beijo.

sandrafofinha disse...

Com certeza o rapaz estava apaixonado e muito provavelmente ela não gostava dele e por isso ele pensava tanto nela. Um abraço!!

Vanuza Pantaleão disse...

Voar, parar no ar, decidir-se se pousa ou não. A natureza sempre nos traz lições fantásticas, mas dificilmente as seguimos.
Muito legal mesmo, Fa!
Adoro tudo que escreves!
Uma semana bonita e tranquila...

sandrafofinha disse...

Tambem tenho um blogue na sapo.
Mas confesso que tenho muito mais amizades na blogspot do que na sapo. Eu vou experimentar o firefox agora, pode ser que o problema fique resolvido. Mil beijinhos!!

Smareis disse...

Querida vim deixar um beijo e desejar uma ótima semana. Vamos voar sempre. Um beijo!

Carla Fernanda disse...

(¯`v´¯)
`·.¸.·´
☻/
/▌
~'
Feliz dia do amigo!
Carla