sexta-feira

A Casa dos Ratos 1


Um dia, pela manhãzinha, o senhor João encontrou uma ninhada de ratinhos, dentro de um saco de trigo.

A adega estava escura e silenciosa quando o senhor João entrou. Em casa ainda todos dormiam. Como o sono o tinha abandonado, pensara então que era melhor levantar-se e ir fazer umas arrumações no celeiro, pela fresca. O celeiro ficava por cima da adega, ao lado da cozinha. Subiu, com cautela, as escadas escuras, de madeira velha a ranger sob os seus passos, sem acender a luz, até ao celeiro, onde o sol começava a querer espreitar por uma janelinha fosca de pó e de teias de aranha. “Isto tem que levar uma grande limpeza”, acenou com a cabeça, em gesto de assentimento aos seus próprios pensamentos.
— Olá!... – desconfiou ele assim que pôs os olhos numa das tampas do comprido cadeirado dos cereais – alguém deixou isto mal fechado... por certo já entrou rataria.
Mal começou a levantar a tampa... e lá estavam eles! Saltou um, depois outro, de dentro do saco de trigo de boca desatada. E, enroladinhos uns nos outros, aninhados no quentinho do ninho em cima do trigo, quatro filhotes pequenininhos que ainda não abriam olho. Puxou instintiva e rapidamente as abas ao saco do trigo, fechando-o com ambas as mãos... E agora?... Que iria fazer, agora, com estes hóspedes cinzentos, horrendos roedores vira-latas?

22 comentários:

Isa Lisboa disse...

Hum...pois é, e agora?
Aguardo a continuação! :)

ONG ALERTA disse...

Odeio rato, vamos ver o que vai acontecer, beijo Lisette.

mfc disse...

Bem, não há outro remédio senão aguardar...!

Cadinho RoCo disse...

Na vida nos deparamos com encontros mais que surpreendentes.
Cadinho RoCo

O Árabe disse...

Sabes? Conseguistes me deixar curioso, e vou ficar aguardando o desfecho! :) Boa semana.

jorge vicente disse...

Vamos lá ver como é que os ratinhos se safam!

Muitos beijos para ti!
Jorge

Nilson Barcelli disse...

A história promete.
Nem sei como consegues escrever uma história com ratos... Escreveste-a em cima de uma cadeira...?
Beijos, querida amiga.

Carla Fernanda disse...

Bom dia amiga!

Gostaria mesmo de saber!

Beijos!

Smareis disse...

Odeio ratos,

Espero a continuação.

Beijos!

Jota Effe Esse disse...

E agora? Vou levá-los para alimentar meu gato! Um beijo.

Sonhadora disse...

Minha querida

Eu e os ratos temos uma relação de respeito...se os vejo no chão pulo para uma cadeira.
Mas gostei da história e vou voltar para ler o próximo episódio.

Deixo o meu beijinho com carinho
Sonhadora

helia disse...

Detesto ratos ! Mas estou muito curiosa em saber a continuação da história ...
Bom fim de semana.

O Profeta disse...

Um palco sem luz nem ator
Um idiota armado em estupor
Uma gaiola sem grades
Um papagaio falando de amor

Uma casa cor de chocolate
Um vaso de girassóis cantadores
Um livro com uma palavra apenas
Com o título, fatais amores

O chegar a um cruzamento sem encruzilhada
O morder de uma radiosa maçã
No despontar de um dia azul
Encontrei …Um Anjo pela Manhã…


Doce beijo

Vanuza Pantaleão disse...

Difícil lidar com os ratos, mas temos que lidar. Vejo metáforas aí.
Adorei, amiga!Bjssss

O Árabe disse...

Continuo. aguardando. O que houve com os ratos? :) Boa semana!

poetaeusou . . . disse...

*
eh pá,
assim não brinco . . .
sempre ratos, sempre no masculino,
os ratos não têm fêmeas ?
bolas pá !
,
conchinhas no feminino,
deixo,
*

. intemporal . disse...

.

.

. por mim . fazem parte do conto .

.

. logo .

.

. ficam . :) .

.

. um abraço de abril .

.

.

BlueShell disse...

Oh..."queredo"...RATOS...brrrr...e agora? Que fazer?


Bj
Brrrrrrr- ratos....

AnaMar (pseudónimo) disse...

Aguardando...(os ratinhos já cresceram? :-)
beijinho

Vanuza Pantaleão disse...

Eu já vi uma ninhada de ratinhos, eles são cor-de-rosa, são mimosos, indefesos...mas quando crescem. Sai de baixo!
Você tem pena dos bichinhos, né?[risos]
Beijos, Fa!

Ailime disse...

Olá amiga Fá,
O princípio de uma história deliciosamente contada e escrita que me traz gratas recordações de infância.
Um beijinho e muito obrigada.
Ailime

BlueShell disse...

Pnsei que já vinha ver da "solução"...vou ter de esperar...Bj