sábado

A Casa dos Ratos 2.2


O gato Tonecas, caçador de pássaros e de sonhos, espreitou, espreitou, mexeu e remexeu no cesto, subiu-lhe para cima, aflito por desencantar de lá a ninhada, até que o tombou.
A dona, na cozinha, ouviu e acorreu em socorro dos indefesos.
— Malandro! Isso não se faz aos meninos, seu atrevido!
— Miau… miau!... – como quem diz “não sou culpado”, ficou ali a observar a dona a compor aquela cena tão estranha.
Frustradas as intenções do bichano, que não teve outro remédio que não o de conformar-se (conformar-se não, que ele era lá rapaz para se conformar!... eles não haviam de perder pela demora!), Bia aconchegou os ratinhos no seu ninho, vedando bem o cesto, ao mesmo tempo que repreendia o Tonecas, passando-lhe, depois, a mão pelo pêlo:
— Não se mexe aqui, ouviste? Uns bichinhos tão lindos e o menino com apetites? Ai, ai, ai!...
O Tonecas fingiu-se obediente e, amuado, ficou por ali como que a tomar conta deles. De vez em quando parecia lançar-lhes uns olhares de irmão mais velho, mas longe de se enamorar pelos ratinhos, estudava alguma forma de os meter para o bucho.

Enquanto isso, a dona foi procurar, na sua caixinha de costura, umas fitas fininhas de cores, que tinha comprado há uns tempos para uns trabalhos que não chegou a fazer. Vinham mesmo a calhar: verde, amarelo, vermelho e azul. Também havia uma fita branca e outra cor-de-rosa, mas rejeitou essas cores por lhe parecerem muito femininas… e não sabia ainda se entre os seus bebés havia meninas. Amanhã iria comprar uma gaiola apropriada para eles e enfeitá-los-ia, cada qual com o seu lacinho de seda colorida ao pescoço, para ficarem janotas. Ah, eles haviam de ficar medonhamente lindos com os seus lacinhos coloridos!
Esperava que, assim, o Tonecas os visse com outros olhos, que, afinal, eram coisa fina, intocável, e tirasse deles o sentido como petisco.

15 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Não me digas que o Tonecas e os ratinhos vão ficar amigos...
Mas já vi que nas tuas histórias (deliciosas) pode acontecer tudo e mais alguma coisa...
Vai escrevendo, estou a gostar da história.
Menorzinha, minha querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijo.

. intemporal . disse...

.

.

. para que em vez de ser outra vez a vez da ocasião fazer o ladrão . possa ser então a vez . da união . ser a ocasião .

.

. um beijo meu .

.

.

Ailime disse...

Olá amiga Fá,
Lê-la é sempre uma delícia que me deixa a sorrir...
Será que o tareco Tonecas vai mesmo ficar amigo, ou os enfeites dos ratinhos ainda lhe vão despertar mais o apetite?
Vou aguardar o desenrolar desta história ternurenta.
Beijinhos e continuação de um bom domingo.
Ailime
domngo.
Ailime

poetaeusou . . . disse...

*
amiga
desconcertante, o teu Post,
,
Tonecas, Tonecas, é pá, lembra-me
um ex-Primeiro - Ministro, aquele
que disse, os problemas do País,
são para se ir resolvendo, aqueles
que não têm resolução, resolvidos
estão . . .
,
Conchinhas muitas, ficam,
*

ONG ALERTA disse...

Os ratos se encontram....hehhe
Beijo Lisette.

O Árabe disse...

Sei não... enfeitados (as) assim, acho que o Tonecas os acharia ainda mais apetitosos. :) Boa semana!

Isa Lisboa disse...

Hum... Fitinhas para os ratinhos...? A história está a ficar cada vez mais interessante! E surpreendente! Aguardo os próximos capítulos!
Beijos

Smareis disse...

Adorei a história,
gosto desse Tonecas.
Beijos e ótima semana!

Maria Alice Cerqueira disse...

Ola amiga!
Linda historia!
tenha uma linda tarde coberta de muita paz e amor!
Abraço amigo
Maria Alice

© Piedade Araújo Sol disse...

caçador de pássaros e sonhos

que belo texto!


beij

helia disse...

Uma linda história !
Será que os ratinhos com os lacinhos coloridos vão agradar ao Tonecas ? A mim nem com lacinhos os ratos me agradam ...

Sonhadora disse...

Minha querida

Eu...ratos nem com laços, mas está emocionante a história.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

O Árabe disse...

Estamos ansiosos pela continuação... o Tonecas e eu! :) Boa semana.

Vanuza Pantaleão disse...

Fa, minha querida, que delícia de continuidade nessa aventura do Tonecas e os ratinhos!
Olha, também vejo com muita desconfiança essa "amizade forçada" entre gatos e ratos. Contudo, a dona da casa está tão confiante...sei lá!
Amiga, um belo final de semana!Beijinhos!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Penso que viver
é semear com palavras,
imagens e sonhos
palavras que acordem
o belo,
o justo
e o melhor do mundo
em outras vidas.

Que este seja o nosso
compromisso com a vida

Aluísio Cavalcante Jr.