domingo

Para lá das Estrelas


Encosto-me, na noite, aos vidros da janela do quarto. As estrelas brilham no céu. Colo-lhes o meu olhar e fixo uma em especial. A minha. É uma estrela no meio das outras estrelas, mas mais solitária. Como eu. Sozinha no meio da multidão.

Quem sabe se a uma qualquer outra janela haverá alguém a olhá-la como eu… aquele por quem o meu coração espera? Suspiro. Como será e onde estará essa alma-gémea que me será um dia? Não sei. Mas espero. Espero, demorando-me num gesto obtuso, que risco no vidro embaciado da janela, a arremedar o silêncio…

Estrelinha, brilha para lá do meu querer e ilumina aquele que atrairás com a tua intensidade a olhar-te; para depois o seu olhar seguir o caminho do teu raio de luz, até chegar aqui. A mim.

Sim, imagino que para lá do meu olhar, poderá haver outro olhar cativo da mesma estrela. Quero imaginar que há. Imagino que há. Como a imaginação tem poder!

A imaginação há-de ser sempre o meu limite… para lá das estrelas.

12 comentários:

O Árabe disse...

Assim é: cada um de nós tem uma estrela... e ninguém a possui sozinho. :) Belo texto, amiga; boa semana.

Ailime disse...

Olá Fá belíssimo texto, maravilhosa introspecção. Reparei na descrição associada ao título do seu Blogue "um mundo dentro de outro mundo"! E aqui se resume no fascínio que as estrelas exercem em nós. Quem sabe se estará mais alguém a olhar a tal estrela?! Um beijinho. Ailime

Berço do Mundo disse...

Desejo que o brilho dessa estrela faça chegar a sua mensagem de esperança a alguém, que espera, igualmente junto a uma janela.
E que seja tão belo como vc imagina: o encontro, o sentimento.
Beijinho, doce como este texto
Ruthia d'O Berço do Mundo

Zilani Célia disse...

OI FA!
TOMARA QUE TUA ESTRELA ESTEJA BRILHANDO NO OLHAR DESTE OUTRO ALGUÉM QUE ESPERAS...
LINDO!
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

. intemporal . disse...

.

.

. quem nos será outra vez o ninho entre as pedras ? .

.

. imaginamos . en.quanto esperamos . "para lá das estrelas" .

.

.

. [.belíssimo.] .

.

.

. um bom fim.de.semana .

.

. um beijo meu .

.

.

helia disse...

Um texto maravilhoso ! A imaginação tem relmente muito poder !

Lilá(s) disse...

De certeza que mais alguém está a a olhar a tu estrelinha, é um palpite....
Bjs

Nilson Barcelli disse...

Na adolescência todos (julgo eu) tivemos a nossa estrelinha privativa, muitas vezes partilhada por alguém a quem amávamos...
Ou então, a fazer figas para que o príncipe/princesa também estivesse a olhar a mesma estrela.
Obrigado por este momento. Gostei imenso do teu texto.
Querida amiga, tem uma boa semana.
Beijo.

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Gostei deste modo de olhar as estrelas. Escolher a nossa estrela e pedir-lhe que nos faça felizes.
Quem sabe se essa estrela não nos trouxe já esse amor reflectido no seu brilho constante...??
Acredito que sim, mas talvez por teimosia continuamos a sonhar...

ONG ALERTA disse...

As estrelas sempre brilham....
Beijo Lisette

Smareis disse...

Hoje passei exclusivamente para agradecer o carinho, à amizade, e a tua presença nesse ano de 2013 no meu blog. O meu desejo é que em 2014 possamos estar juntos novamente.
Desejo um abençoado Natal pra você e toda a sua família. Que os dias do Ano Novo sejam uma seqüência de profundas realizações e vitorias com fartas colheitas chegando a seus campos, e belas flores surgindo em seus jardins.
Feliz Natal e Próspero 2014!
Um beijo de carinho em teu coração!

DIOGO_MAR disse...

As estrelas, são luzes psicadélicas que iluminam e muitas vezes até alimentam a nossa alma.
São as mensageiras, a quem imploramos, a realização de sonhos que se tornem realidade, daí a expressão:
A minha estrelinha da sorte!!!

http://diogo-mar.blogspot.pt/