07/06/2024

Sonhos de Criança


A turma foi dividida em duas partes. Enquanto metade da turma tem aulas de Desenho, a outra metade tem Trabalhos Manuais. Depois trocamos. Destas duas, a aula que mais gosto é a de Trabalhos Manuais. Não é que não goste da de Desenho, mas é que não tenho muito jeito para desenhar; a não ser que seja Desenho Geométrico, aí já faço uns riscos mais ou menos. No entanto, gosto de ter o meu material, não gosto de andar a pedir emprestado às colegas. Só que ainda estou à espera que a Lucília compre, para me devolver, uma ponta do compasso onde se coloca a tinta-da-china, que ela me pediu emprestada, e que fez o favor de deixar escorregar pelo cano abaixo, quando a lavava debaixo da água da torneira. Ando farta de lhe perguntar quando é que me compra outra. Isso aborrece-me um bocado e não me deixa aproveitar estas aulas como deveria.
Quanto à aula de Trabalhos Manuais, essa sim, gosto, pois posso usar mais livremente a minha criatividade. Nestas aulas sinto-me extremamente motivada. Gosto dos trabalhos que lá faço e gosto da professora, o que me leva a desejar vir a ser, um dia, uma professora como ela. Sim, gostava de ser professora, comecei a sonhar com isso. Já o disse aos pais.
Mas será que os adultos têm em conta os sonhos das crianças?

16 comentários:

antonio ganhão disse...

Como os sonhos podem não ser inocentes. Como poderias saber que te apaixonavas por uma das mais odiadas profissões do teu país?

helia disse...

Algumas vezes os adultos têm em conta os sonhos das crianças, outras vezes nâo e muitas vezes as crianças , quando chegam à idade de escolher,os sonhos já não são os mesmos. Aconteceu comigo , sonhei ser Professora e depois optei por uma profissão diferente...

legalmente loira... disse...

querida fa,
adorei os sonhos..
e fui previlegiada realizei a todos faltam logico alguns mas eu chego la.
beijos com carinho.
adoro seus textos.. fã de carteirinha mesmoooo.....

dona tela disse...

A CONJUNTURA OBRIGA E AQUI ESTOU EU.
ATENTA E OBRIGADA.

Alberto Oliveira disse...

... se eu fosse aos teus pais defendia o teu sonho. Um belo sonho, diga-se de passagem. Ñão como aquele que eu tive em criança: de ser... desempregado. Devo esclarecer que por esses anos, o desemprego não atingia (nem de perto nem de longe) os valores que se verificam na actualidade. E o que eu ansiava era ser diferente... Os meus pais fizeram ouvidos de mercador ao meu sonho e assim que fiz a segunda classe puseram-me a trabalhar numa mercearia.

Mas acabei mais tarde por realizar o meu objectivo infantil: aos trinta e cinco anos fui despedido. Até hoje e com a bonita idade de rinta e seis anos


Beijos e sorrisos.

. intemporal . disse...

.

. eu acho que sim .

. eu acho que têm .

.

. no fundo têm .

.

. e sinto.me tão feliz ao pensar assim . e a.tardo.me hoje aqui .

.

. um beijo meu .

.

. paulo .

.

rosa dourada/ondina azul disse...

Os sonhos de criança,
tão importantes são!

Adorei o texto, simples e belo,
quase me revi nas tuas palavras!

Beijinhos,

Lilá(s) disse...

Os sonhos das crianças hoje em dia são importantes, no meu tempo não era bem assim, interessava só tirar um curso que desse um bom emprego... nunca ninguém me perguntou o que queria ser era sgredo só meu.
Bjs

Å®t Øf £övë disse...

Fá,
Agora pergunto-te eu... Será que o sonho da criança se tornou na realidade da mulher adulta?
Beijinhos.

Utilia Ferrão disse...

Fa
Que coisa esta que se vive por aqui...
Minha amiga, pois é ás vezes faltava mesmo uns tostões para comprar o compasso,os livros eram emprestados mas eu gostava de estudar.
Beijinhos
da Utilia

Nilson Barcelli disse...

Ficaste sem o tira-linhas... não era assim que se chamava?

Alguns adultos olham para os sonhos das crianças.
Mas a maior parte acho que não. Quanto muito, fabricam eles os sonhos em função de outros interesses que não os da criança.

Querida amiga, boa semana.
Beijos.

candida disse...

eu adoro ser professora. ensinar, aprender, partilhar, conduzir curiosidades e saberes, mas abomino corrigir testessssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss.

J.P. Alexander disse...

Me gusto el relato. Te mando un beso.

Sérgio Santos disse...

É uma pergunta pertinente e necessária, Fá.

Majo Dutra disse...

Belo e comovente...
Os textos são de óiima qualidade.
Devias pensar em agrupá-los num 'e.book'.
Abraço, Amiga.
~~~~ '

Tais Luso de Carvalho disse...

Olá, Fá, gostei desse teu relato, acho que os pais
deveriam dar força aos sonhos das crianças, mas muitos
pais sonham para seus filhos, a mesma profissão deles, e muitas vezes, não dá certo.
Os filhos têm outro temperamento, outros gostos, outros sonhos,
e isso deve ser não só respeitado, mas incentivado se for coisa do bem.
Uma feliz semana, muita paz e alegria, amiga.
Bjus.

poderá também gostar de:

Mais Rabiscos